Ações Sociais

ATIVIDADES REALIZADAS EM 2020

  • Visita ao Parque Nacional do Viruá: O prof. Dr. Plínio Henrique Oliveira Gomide, responsável pela disciplina “Microbiologia e Sustentabilidade Agrícola”, desenvolveu atividade com os acadêmicos Inaê da Rocha Pereira Loureiro e Igor Calazans Duarte de Menezes, no Parque Nacional do Viruá, ao longo do último dia 05/11/2020. O objetivo da imersão na citada unidade de conservação foi coletar solos em duas fitofisionomias presentes naquele bioma amazônico: floresta e campinarana. Tais solos serão analisados buscando-se informações acerca da ocorrência de fungos micorrízicos arbusculares (FMA) e bactérias fixadoras de nitrogênio (BFN) que porventura colonizem esses locais e que possam servir como potenciais bioinsumos em espécies vegetais de interesse para os agricultores locais.

 

ATIVIDADES REALIZADAS EM 2019

  • Plano Agricultura de Baixo Carbono: O professor Dr. Plínio Henrique Oliveira Gomide participou de reuniões no SEBRAE Roraima para discutir o Plano de Agricultura de Baixo Carbono em Roraima (PLANO ABC/RR), nos dias 07 e 08 de novembro. Visando reduzir as emissões de gases do efeito estufa, o programa foi criado pelo Governo Federal e prevê capacitação e incentivos financeiros aos produtores rurais que adotarem as técnicas de agricultura sustentável de baixo carbono.

 

  • O Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica – NEAPO/UERR tem construído um diálogo com o grupo de agricultores orgânicos Sul Orgânico e também com a comunidade do município de Rorainópolis, localizado ao sul do Estado de Roraima. Esse estreitamento das relações com o Sul Orgânico tem se dado através de participação em mutirões, nas reuniões e resolução participativa dos aspectos técnicos. Pesquisas, também, são realizadas juntamente com esses produtores em suas propriedades objetivando mútuas descobertas e aprendizados. O diálogo entre a academia e a comunidade também percorreu a comunidade escolar, atividades de ensino-aprendizagem de forma lúdica sobre o tema biodiversidade foram realizadas em uma escola campesina próxima a uma das famílias do Sul Orgânico. Essas atividades também dialogaram com os pais e parentes das crianças. As quais também foram complementadas com eventos e oficinas. Assim, consideramos os passos, mesmo que pequenos, envolvendo a educação, a comunicação, a ciência e a participação, com responsabilidade, essenciais nesse caminhar para a construção de uma sociedade cada vez mais justa.

  

 

  • Programa de fortalecimento dos sistemas produtivos pesqueiros artesanais do Baixo rio Branco: comunidades de Sacaí e Terra Preta, Caracaraí, Roraima, Brasil: O presente programa visa implementar programa a partir da implantação de ações de extensão direcionadas, o fortalecimento do sistema produtivo pesqueiro nas comunidades ribeirinhas de Sacaí e Terra Preta (Povos e Comunidades Tradicionais), município de Caracaraí, Roraima. Por meio de uma estratégia dialógica, elaboração de diagnóstico ambiental e socioeconômico com uso de ferramentas e metodologias participativas, reflexão, proposição e avaliação participativas, pretende-se avançar na valorização do pescado proveniente da região, estimular o diálogo entre o poder público e as comunidades e mediar o processo de acesso à políticas sociais e previdenciárias. No tocante à esfera universitária, a presente proposta propõe-se a estimular o fazer profissional contextualizado e consciente das particularidades do estado de Roraima, deixando de legado à sociedade roraimense profissionais críticos e conhecedores da realidade do Estado.

 

  • Visita à Comunidade Nova Esperança: Os professores do PPGA, Dr. Plínio Henrique Oliveira Gomide, Dr.ª Márcia Teixeira Falcão e Dr.ª Leila Chagas de Souza Costa, estiveram juntamente com os acadêmicos da Turma 2019 para realizarem uma imersão cultural junto à Comunidade Indígena Nova Esperança (Terra Indígena São Marcos). A visita foi uma proposta da disciplina “Amazônia, Geopolítica e Desenvolvimento”, com o objetivo de entender os povos indígenas e suas tradições culturais na Amazônia Setentrional. Durante a visita também foram direcionados planos de pesquisa a serem realizados pelos acadêmicos na comunidade, bem como a realização de trilhas ecológicas para demonstrar a preservação e manutenção da biodiversidade das terras indígenas.

 

  • Projeto Quintais Sustentáveis: A Dra Maria Fernanda Berlingieri Durigan juntamente com seus orientandos Raimeyre Nobre Dias e Pedro Vitor Pereira Guimarães no ano de 2019 desenvolveram atividades junto as mulheres dos “Quintais Sustentáveis” no Lar Fabiano de Cristo (Antiga casa de Timóteo) em Boa Vista/RR cujo objetivo foi incentivar e fomentar a conscientização em se produzir hortaliças, fruteiras e plantas medicinais em vinte (20) famílias (residências) dos bairros da periferia (Dr. Airton Rocha, Nova Cidade, Operário, Bela Vista e Raiar do Sol) no entorno da Unidade Casa de Timóteo (Lar Fabiano de Cristo), que alimenta, diariamente, 200 crianças de famílias de baixa renda, além de promover atividades como reforço escolar, educação em higiene pessoal e recreação, assistência médica e odontológica gratuita.

 

 

  • Atividades do Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA): Sob coordenação do Prof. Dr. Romildo Nicolau Alves, do IFRR Campus Novo Paraíso, Os docentes e discentes do PPGA atuaram em projetos de pesquisa na área de Agroecologia em parceria com os produtores rurais e a Associações de Produtores de Orgânicos da região.

 

  • Agroecologia como tema transversal no ensino-aprendizagem em escola do campo em Rorainópolis: O NEAPO desenvolveu este projeto de extensão sob a supervisão da Prof.ª Dr.ª Tatiane Castro na Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental João Rodrigues de Souza, localizada na vicinal 19, km 08, Rorainópolis – RR. Com o objetivo de construir práticas pedagógicas em agroecologia com a comunidade escolar da escola do campo, foram desenvolvidas atividades com as crianças, multirões e oficinas.

 

  • Manejo de cupuaçueiro em área de agricultura familiar no Município de Pacaraima/RR: A cultura do cupuaçueiro tem grande importância econômica e social para a região norte do país, e tem tido um crescimento espacial rápido e constante, tendo desta forma conquistado cada dia mais espaço na fruticultura nacional e no mercado internacional. Desta forma tem sido de grande importância o repasse de conhecimentos aos agricultores interessados em trabalhar com a cultura. O trabalho foi coordenado pela pesquisadora e docente do PPGA, Dr.ª Hyanameyka Evangelista Lima Primo.

  • Reunião com representante da Associação Brasileira de Agroecologia: Em 2019, a Dr.ª Tatiana Deane de Abreu Sá participou de reunião cujo objetivo foi desenvolver a articulação nacional da Agroecologia na Região Norte. Estiveram presentes o Coordenador do PPGA, Prof. Dr. Plínio Henrique Oliveira Gomide, e o bolsista PNPD, Dr. Járisson Cavalcnte Nunes.

  • Articulação da Agroecologia em Roraima: Em dezembro de 2019, representantes do PPGA reuniram-se com representantes da UFRR, Escola Agrotécnica da UFRR, Instituto Rancho de Luz, Movimento dos Sem Terra e Associação de Produtores Orgânicos Hortivida. Um dos objetivos dessa reunião foi trabalhar o Plano Estadual de Agroecologia.

EnglishFrenchItalianPortugueseRussianSpanish